sexta-feira, 1 de agosto de 2014

A História por trás do Um Anel - Parte 2

Sauron, persuadiu os homens do Númenor, fazendo com que ele se voltassem contra os imortais de Varda, os Valar, atraindo assim a ruína dos homens e a ruína de seu próprio corpo. Elendil, conseguiu fugir de Númenor com seus dois filhos, Isildur e Anárion para a Terra-Média, mantendo a linhagem dos homens de Númenor. Enquanto isso, Sauron volta como sombra a Mordor e planeja Guerra.

Isildur e Anárion foram os criadores de Gondor, sendo seu local de governo a cidade de Osgiliath. O Argonath e Isengard também foram criações Numenorianas.


Os Numenorianos trouxeram também as pedras que permitiam ver acontecimentos distantes, na maior parte do tempo relatavam algo próxima a pedra irmã, essa pedras eram chamadas Palantíria, presente dos eldar para Elendil, além de trazerem a Arvore Branca, descendente das Duas Arvores dos Valar.


Enfim Sauron organizou uma investida, atacou Gondor e Osgiliath, lá, Anárion protegeu o local o máximo possível. Depois, reuniu forças com Elendil e Gil-Galad e formaram a Última Aliança, um exército enorme de homens e elfos reunidos sob uma única haste. E em Dagorlad obtiveram sua vitória. Aeglos, a lança de Gil-Galad, e Narsil, a espada de Elendil, acabaram com a escória orc e entraram em Mordor, lá, Anárion padeceu e o próprio Sauron matou Gil-Galad e Elendil. Nesse momento, Narsil é quebrada e com seu toco, Isildur arrancou o Anel governante da mão de seu dono, fazendo com que Sauron abandona-se o corpo que levara tanto tempo para restituir.


Como nos é conhecido, Isildur levou consigo o anel como compensação da morte de seu pai e seu irmão, renunciou o trono de Gondor para assumir o lugar do pai em Eriador.

No caminho das Montanhas Nevoentas o anel traiu Isildur, pois escorregou de seu dedo e quando mergulhou no rio para se salvar foi morto por flechadas orcs que os acabaram de emboscar.

Com o tempo, Narsil chegou a mão de Valandil, herdeiro de Isildur, em Imladris, e foi mantida pelos Numenorianos até quando a linhagem se perdeu a vagar em florestas.

Gondor não conseguiu manter a linhagem por mistura sanguínea, e durante a vigésima terceira geração, uma peste se alastrou na cidade, e Minas Mithil tornou-se Minas Morgul e Osgiliath se tornou ruínas. Minas Anor se tornou Minas Tirith ( a cidade branca) e ali foi plantada a árvore branca salva da destruição de Númenorpor Isildur. Earnur, último rei de Gondor aceitou um desafio do senhor de Morgul mas foi capturado. Sem herdeiros, Gondor foi governada pelos Regentes da casa de Mardil, eos rohirrim,cavaleiros do norte, vieram habitar Rohan para auxiliar os Regentes nas Guerras.

O Argonath era mantido por poderes antigos que mantinham os inimigos longa até a volta do Senhor do escuro (foi por isso que Legolas fica preocupado quando desembarcam na margem do rio.)


Vanfenda abrigava os herdeiros de Isildur e lá foi mantido os fragmentos de Narsil e Elrond previa que aquela linhagem lideraria os acontecimentos finais daquela era.

 Quanto aos anéis élficos, o anel de safira estava com Elrond, o de diamante com Galadriel, e o anel vermelho fora confiado a alguém oculto, que somente Elrond, Galadriel e Círdan sabia a quem fora confiado.


0 comentários:

Postar um comentário